terça-feira, 8 de março de 2011

MULHERES ESPECIAIS

Hoje pela manhã as primeiras coisas que fiz foram beijar meu filho por seu aniversário (pois é, meu presente pelo Dia Internacional da Mulher há 21 anos atrás) e abrir o Note para parabenizar minhas amigas por esta data. Ontem mesmo havia lido diversos textos enaltecendo ou desconsiderando este dia: Alguns consideram mesmo uma ofensa às mulheres tal dia ser comemorado. Mas vamos voltar um pouquinho no tempo para entender melhor o motivo desta homenagem. A história das mulheres sempre foi marcada por lutas e superações. Desde o início do século XX esta homenagem era feita em outras datas e diferentes partes do mundo, porém com o ingresso em massa das mulheres em empregos em fábricas e diferentes indústrias devido a escassez de mão de obra masculina durante a Primeira Guerra Mundial, as condições insalubres de trabalho passaram a ser cada vez mais denunciadas. Essas guerreiras lutavam por suas vidas e de suas famílias tendo que trabalhar horas a fio em péssimas condições recebendo quase nada para o seu sustento. Em 1911 um incêndio em uma fábrica de Nova York vitimou mais de uma centena de pessoas, a maioria costureiras. Acredita-se que o incêndio tenha sido causado pelas péssimas condições do lugar. Muitos consideram este fato como a origem do Dia Internacional da Mulher, porém, como vimos anteriormente, a data já era comemorada. Em 1917 as comemorações do Dia da Mulher, com uma greve em massa feita pelas operárias na Rússia, foram o estopim para a Revolução Russa. A ONU declara o Ano da Mulher em 1975 e em 1977, a data que estava sendo reinvindicada pelas feministas desde os anos 60, é adotada pelas Nações Unidas. Passeando pela história tomamos consciência do muito que se caminhou para chegarmos até aqui...
Mas com esse texto quero, na verdade, homenagear algumas mulheres em especial e para isso peço licença e até perdão a todas as outras que não se sentirem lembradas aqui pois reconheço que somos todas especiais e que Deus nos contemplou com dons maravilhosos. Porém hoje quero humildemente fazer um carinho no coração de cada mulher, mãe biológica ou de coração, tia, avó, professora que dedica sua vida a causa das pessoas com deficiência e principalmente a cada mulher que trava uma luta diária por essas ruas em uma cadeira de rodas (quando conseguem ter uma), sem sinalização adequada, sem rampas ou elevadores onde são imprescindíveis... Por aquelas que têm que acordar pelo menos uma hora mais cedo para conseguir dar o café da manhã do filho sabendo que ele tem que comer devagar para não engasgar e ainda o carrega nos braços morro abaixo para conseguir entrar em um ônibus lotado e chegar à escola... Pelas que passam a noite acordadas velando o sono de filhos, pais, maridos ou irmãos deficientes esquecendo da própria vida... Para as mães de meus alunos com deficiência intelectual (e aquelas também que eu nem conheço) que me perguntam o que será deles quando elas faltarem... Para aquelas que são obrigadas a sobreviver com uma quantia irrisória da pensão do filho porque não podem trabalhar para estar 24 horas ao lado dele(a)... Por aquelas que oram a cada noite para que não falte o remédio necessário à sua sobrevivência ou a de seus entes queridos e para isso travam cansativas batalhas com a justiça pelo simples direito à vida... Por aquelas que ficaram sozinhas após terem sido covardemente abandonadas por alguém que não continuou ao seu lado quando percebeu que seu filho não era "normal"... Por aquelas que foram abandonadas em instituições, consideradas incapazes de viver em sociedade porque esta sociedade não sabe conviver com as diferenças e nega a escola, o lazer, enfim, os direitos mais elementares como a liberdade! Para aquelas que não poderão ler este texto porque eu, a pessoa que escreve, não sabe fazê-lo com som e para aquelas que são os olhos dos que não enxergam...
Para todas vocês e todas as que eu não mencionei meu mais sincero PARABÉNS pela coragem de lutar dia após dia e minha oração para que Deus toque no coração de cada ser humano e os torne mais sensíveis para lidar com as diferenças.
Para os homens que puderam se perceber aqui também dedico essa homenagem.

2 comentários:

  1. Parabéns!!!!! Hoje e sempre! bjs

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelas lindas e certas palavras! Um beijo no coração!

    ResponderExcluir